Brechós: garimpo sustentável

Foi-se o tempo em que brechó era loja de roupa velha e antiquada. É um retrocesso pensar que a roupa tem que ser nova e só vai servir a uma pessoa. Em tempos de aquecimento global é fundamental pensarmos no impacto da produção em massa de produtos diversos e seus insumos. Será que realmente precisamos disso? O que é feito com o que não nos serve mais? Simplesmente descartamos de tempos em tempos e substituímos por “novos”? Quase sempre sim, mas não deveria ser.

A sustentabilidade é uma linha guia nessa coluna. E o tema já foi enfatizado nesse artigo: e então, o seu armário é de responsa?

Thrift-Shopping-brechó-gringo

Por uma questão cultural, o brasileiro atribui a segunda mão à falta de dinheiro para comprar “novos”. Por essas e outras os brechós sempre estiveram associados a preços baixos e produtos demodé. Contrariando o preconceito, a informação chegou e hoje podemos conferir iniciativas que se espelham em referências gringas e trazem pra cá um conceito novo de brechó.

Em várias capitais culturais e de consumo, o brechó é um segmento bem resolvido e de muito valor. É lá que os moderninhos e fashionistas garimpam suas peças vintage. Em geral são produtos que foram tendência décadas atrás e que, de alguma forma, estão em voga, sem necessariamente estar na moda. Ou então são produtos atemporais, de alta qualidade, e que por algum motivo foram passados adiante. É instigante pensar quais histórias foram vividas pelos antigos donos trajando aquele blazer ou quais olhares foram trocados através daquelas lentes.

Cada brechó conta com a curadoria de seus donos, que garantem a qualidade do que chega até seus clientes. E de acordo com a informação de moda que possuem, alguns chegam a uma qualidade de mix invejável pra qualquer grife que impõe o “dito novo”.

gato bravo brechó são paulo

Dois belos exemplos do que falamos são o Belchior, que acontece no Rio e o Gato Bravo, loja fixa em São Paulo. Conversando com o Lee Landel, uma das cabeças criativas cativantes do Belchior, pude perceber que o foco vai além do comércio das roupas. O principal objetivo na loja/ evento é criar uma atmosfera, uma experiência. Num domingo à noite de atípicos 20 graus do Rio, rolou um pocket show, exposição de pinturas do próprio Lee e, dentro do pacote, uma seleção incrível de reciclados, ad eternas especiarias que seriam bem vindas em qualquer armário.

belchior brechó rio

Na prática

Sem esquecer a proposta da Deli, que é tangibilizar informações, vou ilustrar cinco looks viabilizados pelos produtos reciclados, para composições super atuais:

– Calça jeans Levi’s reta bem usada, com lavagens naturais + t-shirt básica gola careca + All-star preto surrado + camisa de flanela do início dos anos 90. Se possível, um walkman com Nevermind, do Nirvana! Rs.

– Calça preta skinny (que pode ser nova) + t-shirt de banda de rock bem surrada + blazer em tons escuros com cotoveleira + bota no estilo Dr. Martens + chapéu fedora de feltro – se tiver uma pena, arrisque.

– Calça de moleton + regata estampada numa pegada 80’s + windbreaker em tyvek ou helanca + sneaker vintage, tipo Nike Air Max ou Pegasus. Componha com um New Era, se couber.

O Belchior acontece aos fins de semana, de quinze em quinze dias, na Rua Maria Eugênia 123, Humaitá.

belchior brechó

tulsi-feat
Já postamos sobre Pretty Whores há uns 2 anos aqui, mas de lá pra cá a artista continuou mandando bem, e muito. O universo criado por essa australiana é repleto de junkies e seres bizarros que transmitem uma impressão de nojo,…
tramontina-the-barbecue-bible-avatar
Chequei em meus feeds desde ontem (07/05/2014) letterings lindos de mais uma campanha hypada. O que tem de especial nisso? É de uma marca nacional, a Tramontina! Saiu em vários sites gringos, representou! Quando parei pra entender percebi que vai além…

Formado em 2006 pelo IFF em Design Gráfico, Sérgio Barbosa não se limitou à sua área de formação acadêmica, também já trabalhou como designer de moda e gestor de projetos de co-branding, licenciamento e mídia indoor na empresa Reserva. Como empreendedor criou o site de arte e humanidades deli, e também o selo de sportwear BRAVO F.C., cuja proposta é: aproximar as pessoas das suas paixões. Através de projetos de licenciamento de clubes de futebol de menor expressão, para desenvolvimento e comercialização de linhas de produtos premium. Um sonhador, romântico inveterado, deveras apreciador do bom uso da palavra, assim como das artes em suas diversas aplicações, dentre todas as outras formas de amor.