Denúncia: Os Gemeos apagados no Rio

Desde a semana passada me deleitava ao avistar duas pinturas dos Gêmeos, feitas nos pilares de sustentação da subida para o Túnel Rebolças. Durou pouco, hoje 18.12.13 quando passava pelo local encontro isto:

os_gemeos_apagado_rio

 

Entristeceu um pouco o meu dia. Dois senhores que passavam na hora também pararam sem entender. Por que?! Quais os critérios e o que se ganha com isso. Fico imaginando quantos milhares de Reais não custa para a prefeitura para realizar essa cagada. Que tenha contado eram 4 pessoas “executando” os bonecos amarelos dos Gemeos. Dois deles ao perceber a minha indignação começaram a rir, e ali percebi que não era com eles que eu haveria de falar.

os_gemeos_apagado_rio_comlurb

Essa publicação tem como objetivo denunciar essa prática da Prefeitura do Rio, que acontece corriqueiramente, na surdina, mas eu uso como exemplo esse acorrido por ser muito mais emblemático, explico: Os Gemeos, para quem não conhece é a dupla formada pelos irmãos Pandolfo. Eles foram precursores do Grafitti em SP e rodaram o mundo espalhando por aí sua arte. Realizaram exposições coletivas e individuais diversas, inclusive aqui no Rio no CCBB. Os gringos pagam pau e consideram a dupla um dos maiores nomes do Street Art. Talvez nós tenhamos cada vez menos contato visual com o trabalho deles nos próximos tempos. “Vamos exportar esses caras”, pois por aqui o poder público não os recebe bem. Deixemos isso para o primeiro mundo:

os_gemeos_glasgow_castelo

Glasgow; Reparem na bandeira do Brasil

Que fique claro que esse protesto se estende à todas as outras ocorrências do gênero. Não é pelo fato de Os Gemeos serem renomados mundialmente, que se deve ter um tratamento privilegiado. Quando o trabalho é apoiado em conceitos artísticos, não é ofensivo e nem depreciador do espaço urbano ele deve permanecer, independente do autor. Isso é bastante questionado em Grafitti Wars, documentário que falamos aqui. Que conta a distinção que é feita por lá, seguindo o critério de relevância ou não do artista. Obras do Banksy por exemplo são preservadas.

Em novembro foi lançado também o documentário Cidade Cinza, que conta o processo de “limpeza” da paisagem urbana realizada pela prefeitura. Nesses atos de vandalismo, diversas pinturas de artistas como Os Gemeos, Nunca, dentre muitos outros foram sobre-tingidos com o jato cinza. Triste.

Vândalos, a lata vai revidar.

missvan
Miss Van em seu estúdio A primeira vez que vi uma pintura da Miss Van fiquei instigada. Assim como Apollonia Saintclair, ela consegue transitar pelo universo erótico de maneira interessante e curiosa. Salvei uma imagem que…
alexandre-mury-estudo-pra-seurat
2013 foi o ano de Alexandre Mury, não à toa o mesmo em que ganhou sua primeira expo individual, Fricções Históricas, que rolou na CAIXA Cultural entre julho e setembro. Em relação a suas exposições anteriores, o artista contribuiu com temas…

Formado em 2006 pelo IFF em Design Gráfico, Sérgio Barbosa não se limitou à sua área de formação acadêmica, também já trabalhou como designer de moda e gestor de projetos de co-branding, licenciamento e mídia indoor na empresa Reserva. Como empreendedor criou o site de arte e humanidades deli, e também o selo de sportwear BRAVO F.C., cuja proposta é: aproximar as pessoas das suas paixões. Através de projetos de licenciamento de clubes de futebol de menor expressão, para desenvolvimento e comercialização de linhas de produtos premium. Um sonhador, romântico inveterado, deveras apreciador do bom uso da palavra, assim como das artes em suas diversas aplicações, dentre todas as outras formas de amor.